Mudança no setor imobiliário: Redução de juros na concessão de crédito reaquecerá o mercado

São diversas as fontes que confirmam: o cenário imobiliário brasileiro é positivo. Existem uma série de fatores que têm contribuído para a projeção de crescimento dentre os quais está a mudança na concessão de crédito da Caixa Econômica Federal, anunciada dia 20 de agosto (2019). 

A  oficialização da alteração no crédito imobiliário aconteceu em cerimônia formal, que contou com a presença do Presidente da República, Jair Bolsonaro, o presidente do Banco do Brasil, Ruben Novaes e o presidente do Banco Central, Roberto Campos. Também estavam presentes o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e a líder do governo no Congresso, a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP). Entenda mais sobre a mudança e como ela afeta o mercado na prática:

Nova linha de crédito da Caixa é baseada no IPCA 

O banco estatal, que detém em torno de 70% do crédito habitacional disponibilizado no mercado, oficializou a oferta de uma linha de crédito alternativa para o consumidor. Até então, existia apenas uma linha de crédito que era baseada na taxa referencial de juros, definida pelo Conselho Monetário Nacional. 

A nova opção de crédito é ligada à inflação medida pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo). Segundo dados do IBGE, o IPCA estima-se que o IPCA chegue a 3,82%. No final das contas, a projeção é uma redução de até 31,5% os juros dos financiamentos imobiliários. O corte vai beneficiar principalmente os bons pagadores, que possuem boa avaliação de crédito na praça.

Reaquecimento do mercado imobiliário brasileiro

Antes mesmo da mudança na linha de crédito, a projeção de crescimento para o setor imobiliário era de 10% a 15% ainda em 2019, conforme análise aprofundada no artigo A força das parcerias no futuro positivo do mercado imobiliário. Agora é de se esperar um reaquecimento ainda maior, considerando que demais bancos devem baixar suas próprias taxas para não perder competitividade e que o consumidor terá maior poder de barganha no relacionamento com outras instituições. 

Segundo Roberto Campos, a medida garante diversas vantagens tanto para o mercado quanto para o consumidor.  Dentre elas, o presidente do Banco Central destacou a flexibilização e a integração dessa classe de ativos ao mercado, diversificando o risco e aumentando o volume de recursos. Campos ainda reforçou que, para os milhões de brasileiros que tem o sonho da casa própria, os benefícios são o prazo prolongado para pagamento e a prestação menor mês a mês.

Como o corretor pode prosperar nesse cenário positivo

Para o corretor imobiliário, esse cenário é extremamente positivo. A tendência é que a procura pelo imóvel próprio aumente e o sonho dos consumidores saia do papel. É fundamental,  no entanto, que o corretor e as imobiliárias saibam explorar todo o potencial do mercado. 

Separamos 3 dicas breves de extrema relevância para você ter uma atuação mais forte, completa e com um volume maior de fechamento de negócios. Anote:

  1. Aperfeiçoe seu atendimento e a construção de relacionamento para encantar seus clientes. Isso envolve desde a experiência que você tem promovido para o consumidor até suas técnicas de vendas e neuromarketing.
  2. Esteja atualizado com as tendências do mercado e as coloque na mesa ao atender um cliente: Home Staging para vender mais rápido imóveis da sua carteira; plantas flexíveis para uma negociação mais rápida e satisfatória com o cliente comprador e por aí vai. 
  3. Estabeleça parcerias estratégicas para aumentar seu território de atuação e achar imóveis e compradores mais rápido! É possível vender até 10x mais com parceiros imobiliários. Falamos profundamente sobre esse tipo de estratégia no artigo Parceria nos negócios imobiliários e aplicativo que já viabiliza a conexão entre corretores, o Beemob. 

Enfim, são muitas as técnicas e ferramentas a serem exploradas e usadas para uma atuação de sucesso. O cenário é positivo, cabe ao corretor voltar sua atenção àquelas que mais fazem sentido para seus objetivos e nicho de atuação, tendo ao lado parceiros competentes e especialistas. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *